sexta-feira, 25 de abril de 2014

Sabedoria


Insensibilidade



Tu me atiraste no fundo do poço
Pedi tua ajuda desesperadamente
Fiquei sozinha desamparadamente
Na minha vida causaste alvoroço

Será que ages com maldade consciente
Não quero crer em tanta insensibilidade
Teu semblante traduz muita falsidade
A tua hipocrisia é algo permanente

Espero um dia sair desse mundo escuro
Caminhar em busca de novos horizontes
Construirei inúmeras e lindas pontes
Deixo para ti os isolados muros

AnnaLuciaGadelha

Casa no Campo



Fecho os olhos e tenho doces lembranças
Ah, como era linda a nossa casa no campo!
Nós éramos felizes como duas crianças
Ouço nossas risadas ao ver o pirilampos

Árvores frondosas rodeavam o nosso ninho
As flores testemunhavam a nossa felicidade
Aquela sacada era nosso preferido cantinho
Nós fizemos juras de amor para eternidade

Assim que acordávamos, abríamos as cortinas
E nos deslumbrávamos com a paisagem formosa
A vida aos poucos mudou as nossas sinas
Hoje estou relembrando a parte mais preciosa

Voltarei para me despedir da nossa casa marrom
Colherei alguma flores coloridas e perfumadas
Sentada em umas das árvores, ouvirei o som do pistom
E verei emocionada os voos das borboletas encantadas
 

AnnaLuciaGadelha



 Poe-art uma criação do poeta- Maurício de Oliveira









 https://www.youtube.com/watch?v=sT9Z_W6X3Bs
Casa no Campo  Elis Regina

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Emoção é Tudo



Emoção é Tudo



Interação ao poema (Poetetra 01) de 02/03/2014

 Ferreira Estêvão



 O
Amor 

Sublime
Sentimento

Na
Alma
Enleva
Felicidade

Ao
Sentir
Coração
Apaixonado

Do
Amor
Perene
Incondicional



 - Eemanuel


 POETETRA é uma criação de    Norma Aparecida Silveira Moraes


 O
amor
excelso
sentimento

Que
deixa
lembranças
inesquecíveis

Faz
nosso
coração
transbordante

E
nossa
vivência
rutilante



AnnaLuciaGadelha


O
amor
sincero
revigora

Pois
nutre
coração
machucado

Mas
raro
encontrar
consciente


querem
cupidez
insolente




 

Para Anna Lúcia Gadelha.



Para Anna Lúcia Gadelha.


Boa energia emana
Minha cara amiga Anna
Delicada é puro encanto
Mui querida neste Recanto.

Poetisa Talentosa
Escreve em verso e prosa
Fofa igual bicho de pelúcia
A querida Anna Lucia.

A todos sempre a mimar
O amor está sempre a versar
É doce igual mel de Abelha
A Anna Lucia Gadelha.


 - paulo de jesus


*****************************


 

Para Paulo de Jesus


Desde que li seu primeiro texto me encantei
Nele encontro sapiência, amizade e afeto
Um adorável curitibano que sempre admirarei
 Meu coração o considera um escritor completo

Ele faz jus ao seu nome expressivo e lindo
Ah, esse grande filósofo que nos faz pensar!
Na minha vida, ele sempre será  bem-vindo
Paulo de Jesus, és um amigo exemplar

Eu guardo seu livro em um lugar muito  especial
Nele encontro momentos de  grande reflexão
A Singularidade do Ser é um livro excepcional
Amigo, aceite com carinho a minha  gratidão


AnnaLuciaGadelha



PgAAAImWFi72RVkTAUHcWpXBpvTV-Lg_TnHx2SFc
Entre em contato com o autor, eu li e recomendo!

121685-mini.jpg- paulo de jesus



gif02.gif
https://www.youtube.com/watch?v=a_zNi7f2VJQ
FERNANDO PESSOA   NÃO DIGAS NADA.





 

sábado, 5 de abril de 2014

Camille Claudel



O talento morava no teu coração
Foste demasiadamente injustiçada
Viveste no mundo pleno de emoção
A tua obra de arte não era considerada

Vivias na sombra do teu grande amor
Sofreste inúmeros preconceitos
Tinhas tantos obstáculos a transpor
Mas teus sonhos foram desfeitos

Teus entes não te compreendiam
A sociedade hipócrita te repelia
Tuas belas mãos eternizariam
E a maldade humana se cumpriria

Camille Claudel, foste abandonada
Morreste esquecida no isolamento
Hoje és uma escultora consagrada
Por que te causaram tanto sofrimento?


                      AnnaLuciaGadelha




                                                                     

Musa

Musa
POE/ART
(interpretação)
                                                            
Sempre sonhei contigo bela musa inspiradora
Nos meus pensamentos, eu te via na natureza
Entre tantas outras, tu és a mais encantadora
Fico deveras embevecido com tua grandeza

Minha mulher alada com vestido esverdeado
Tua imagem é tão divinal que nem parece real
Teu grande amor já me foi consagrado
Quando te vejo, lembro-me do mundo celestial

Pareces uma pintura de um grande mestre
Exalas o perfume das belas e exóticas flores
És minha dádiva desse mundo terrestre
Oh, Deusa! Tu tens imensos valores

Nos banharemos nessa água transparente
Ofertarei o que há de melhor no meu interior
Nos amaremos genuinamente, sinceramente
Contigo para sempre serei um vencedor
AnnaLuciaGadelha 
Uma criação de Mauricio de Oliveira