quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Amada Amiga




 
AMADA AMIGA


Amiga, por favor, não me deixe sozinho esta noite
Ainda agora, custo a acreditar,
Ela acaba de me deixar
Amiga, sei que é tarde, mas preciso lhe falar
 Você tem a palavra sensata, o sorriso encorajador
E o dom de me acalmar
Amiga, hoje sinto que perdi meu chão
E por mais que olhe, não vejo onde me segurar
Amiga, você bem que tentou me prevenir, todavia,
Apaixonado que estava, não quis lhe escutar
Oh! Ela possui um coração volúvel e leviano,
Que não titubeou um segundo em me abandonar
Perdoe-me, minha amiga, pois outra vez,
É no seu ombro que venho chorar
Amiga, o que seria da minha vida sem você?
Sofro, mas agradeço a Deus por tê-la,
Minha amada amiga!


Você sabe que pode contar sempre comigo
Sei o quanto está dilacerado seu coração
Você terá minha companhia como abrigo
Inunde-se, solte toda sua emoção
É doloroso um amor não correspondido
Aprendi a viver com a alma sofrida
Essa paixão lhe deixou endurecido
Em seus braços quero ser envolvida
Você nunca percebeu o meu amor?
Sempre sonhei com nossos beijos
Fico ruborizada diante desses desejos...
Mas, esqueçamos a minha doce ilusão
Pensemos no seu sofrimento
Nossa amizade é uma imensidão
Vamos viver intensamente cada momento
Vem apreciar a lua comigo!
Meu amado amigo!






85642-mini.jpg- Aldrin M Félix ,1ª estrofe.

109128-mini.jpg- AnnaLuciaGadelha, 2ª estrofe.












Nenhum comentário:

Postar um comentário