sábado, 28 de julho de 2012

Desatino



Vou me entregar a essa paixão
Quero esquecer a razão
Nesse momento não quero lucidez
Tampouco timidez

Desejo essa loucura
Reprimi-la é uma tortura
Não é correto
Mas vou realizar meus desejos secretos

Sei que é um ato insano
Um pouco profano
Quem nunca cometeu  um desatino na vida?
Mesmo sabendo que ia sair ferida

Desejo é algo complexo
Nos leva a agir sem nexo
Não encontro explicação
Porque estou esquecendo  minha limitação

AnnaLuciaGadelha

2 comentários:

  1. BRAVO AMIGA! AMOR PROFUNDO AMA SOFRE! FELICIDADES!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, amigo!! Volte sempre!!
    Boa noite e lindos sonhos
    Abraços

    ResponderExcluir